não

não me dei conta

não caiu a ficha

não

menino eu fui

e daí pronto

nunca mais

foi a primeira

e nunca mais

a última

jamais

não me passou

que passou

daqui pra frente

apenas atrás

me falaram

que fui homem

antes disso rapaz

que tive engasgo

na primeira vez

primeiro beijo

primeira pinga

aliás

não

não me veio a ficha

que sou pai

adulto

tantas coisas

tanto faz

sou um pedaço de carne

moribunda

que um dia veio ao mundo

e jaz

- aqui jaz menino

           jaz um homem

           jaz um pai

que agora é defunto

pr’além do mundo

encaixado no fundo

do passado

- que viva em paz

 

 

Mailson Furtado é escritor, ator, diretor, produtor cultural e cirurgião-dentista graduado pela Universidade Federal do Ceará - Campus de Sobral. Com três obras publicadas, todas pela Editora Expressão Gráfica: Sortimento, 2012; Conto a Conto, 2013 e à cidade, 2017.

Revista Propulsão (ISSN: 2595-1351 )

Conteúdo protegido pela Lei do Direito Autoral nº 9.610/98. 

Editora Responsável

Lia Leite